domingo, 15 de dezembro de 2013


Adebarã Celestial


Aldebarã, aldebarã celestial
Com uma palidez divina,
Sim. Tu és um anjo,
Um anjo que se fez menina.

Em uma desta tardes de verão,
Em que o sol ilumina cada trilha
Este ser que no céu era um anjo
Veio a terra para ser a minha filha,

Para ser a gloria de minha vida,
E o principio quando chegar o meu fim,
O meu sangue correrá em suas veias
E teu coração pulsará dentro de mim.

Este amor será para eternidade,
Eu morrerei, mas teu amor comigo vai,
pois para sempre tu serás a minha filha,
E após a morte, eu inda serei teu pai.

Francis Gomes




video

Nenhum comentário:

Postar um comentário